LMC Automático

De Adaptive
Ir para: navegação, pesquisa

Clientes que utilizam o equipamento automático de monitoramento de tanques, o Veeder-Root, têm a opção de configurar o Monitoramento do Petros para a captura automática das medições e a geração automática do Movimento LMC.

Estrutura dos Cabos

Quando for necessário realizar o serviço de instalação do equipamento Veeder-Root siga os dados da infraestrutura utilizada:

Cabeamento

O modelo do cabo para integrar o Veeder-Root ao sistema é o AWG 4 X 26 e os plugues são o DB25 (Macho) e o DB09 (Fêmea). O cabo deve compreender a distância entre o Veeder-Root e o computador onde será ligado.

Máquinas

A máquina que receberá o cabo do Veeder-Root deverá possuir entrada serial e deverá estar ligada na rede do posto e ter acesso a internet. É importante destacar que o técnico da Adaptive não intervém em máquinas e instalações dos clientes, devendo ser tudo preparado previamente e sob cuidados dos responsáveis pelo posto.

Instalando o Monitoramento

A instalação do monitoramento requer duas etapas.

  1. Baixar e instalar o executável MonitorVeederRoot_v2.05.XX.exe.
  2. Baixar, descompactar o zip MonitorVeederRoot_v2.05.XX.zip, copiar os arquivos e colar na pasta onde foi instalado o monitor.

Ao baixar o executável execute-o como administrador e dê as permissões na pasta onde foi instalado.

Comunicador Veeder-Root

Após instalar o Monitor será necessário testar a comunicação. Siga os passos.

  1. No menu Iniciar digite Comunicação VeederRoot e execute como administrador.
  2. Na janela Comunicação VeederRoot - Adaptivesoft informe a Portal Serial e selecione o botão Conectar Console.
  3. Após conectar na porta envie a configuração com horário da medição e solicita a medição atual.
    • Nota: Se a medição aparecer e a configuração do horário for enviada é porque a comunicação foi feita com sucesso. A pasta de logs do Veeder Root guardarão logs de evento na comunicação e no serviço. Os logs podem ser visualizados nos modos info, trace ou debug e auxiliam na identificação de possíveis erros.

Tome Nota!

O aplicativo Comunicação Veeder Root e o serviço Petros 2.5 - Monitor Veeder Root não funcionam simultaneamente, pois ambos utilizam a mesma porta serial. Portanto, para iniciar o serviço o aplicativo de comunicação deverá estar fechado e para utilizar o aplicativo Comunicação o serviço deverá estar parado.

Teste de Comunicação

Configurando o arquivo MonitorVeederRoot.exe

Ao instalar o Monitor Veeder Root será criado na pasta C:\Program Files\Adaptive\Petros\2.04\MonitorVeederRoot o arquivo MonitorVeederRoot.exe e configure-o conforme o modelo abaixo:

<?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?>

<configuration>

<appSettings>

  <add key="Servidor.Nome" value="cliente.petros.ws" />

  <add key="Servidor.Porta" value="9000" />

  <add key="Servidor.ChaveSeguranca" value="8uuftgjb" />

  <add key="Servidor.CodigoEmpresa" value="35" />

  <add key="Conexao.RequestTimeout" value="1800" />

  <add key="VeederRoot.PortaSerial" value="COM4" />

  <add key="VeederRoot.EnderecoIP" value="" />

  <add key="VeederRoot.PortaTCP" value="" />

  <add key="VeederRoot.ChaveSeguranca" value="FD03C0343600BE85A8DE4333DD4F4FCF" />

  <add key="VeederRoot.HabilitaCapturaArmazenada" value="S" />

  <add key="VeederRoot.HabilitaCapturaMonitoramento" value="S" />

  <add key="VeederRoot.IntervaloCapturaMonitoramento" value="1" />

  <add key="VeederRoot.HabilitaMonitoramentoAssinaturaTanque" value="S" />

  <add key="VeederRoot.TipoComunicacao" value="2" />

  <add key="VeederRoot.TraducaoCodigoTanque" value="" />

</appSettings>

<startup>

    <supportedRuntime version="v4.0" sku=".NETFramework,Version=v4.5" />

</startup>

</configuration>

Nota: Caso seja em rede, preencher o IP e a Porta TCP

Parametrizações

A parametrização da empresa deve ser ajustada para que o monitoramento funcione corretamente.

  1. Acesse Administração ➔ Empresa ➔ Selecione a Empresa.
  2. Na janela Configurações de Empresa acesse a Aba Veeder Root e defina seguintes parâmetros:
    • Chave de Segurança: para obter a chave execute o script a seguir em algum banco de dados: SELECT UPPER(MD5('Valor Aleatório')). A chave terá o formato FD03C0343600BR85ADE4333DD4F4FCF.
    • Habilita Captura Armazenada: marque a checkbox.
    • Habilita Captura Monitoramento: marque a checkbox.
    • Intervalo de Captura do Volume em Minutos: informe o intervalo de captura em minutos.
    • Habilita Monitoramento Assinatura do Tanque: essa assinatura validará os seguintes dados de cada tanque:
      • Código Tanque Medidor;
      • Diâmetro;
      • Raio;
      • Comprimento;
      • Coeficiente de Expansão Volumétrica;
      • Inclinação do Tanque.
    • Tipo de Comunicação: Serial ou Porta TCP.
    • Porta Serial do Equipamento: informe a porta COM. Exemplo: COM1.
    • Endereço IP do Equipamento: informe o IP da rede se for o comunicação via rede.
    • Porta TCP do Equipamento: informe o nº da Porta TCP se for o comunicação TCP. Exemplo: 5126.
    • Tradução do Código do Tanque: Exemplo: 01=09;02=10;03=11;04=12.
      • NOTA: Se for preenchido a tradução do código do tanque preencha também o campo Código do Tanque Medidor no cadastro do Tanque.

Após informar os dados dos parâmetros aguarde cumprir o ciclo da sincronização e inicie o serviço Petros 2.5 - Monitor Veeder Root e verifique se há erros no log_MonitorVeederRoot (serviço) e log_ComunicacaoVeederRoot (comunicação). Se não houver erros a medição será enviada para retaguarda de acordo com o horário configurado para primeira e segunda medição diária. Para consultar as medições capturadas acesso o caminho Automação ➔ Relatórios ➔ Rotinas ➔ Monitoramento das medições dos tanques.

Utilizar a tradução do código do tanque

Pelo fato que existe a configuração dos cadastros dos tanques em uma sequência diferente da que está cadastrada no Petros, é importante que o usuário que for configurar o Veeder-Root verifique no equipamento essa configuração e insira esses dados convertidos no campo Tradução do Código do Tanque na parametrização da empresa.

Gerando o LMC Automaticamente

No Petros existe o Trabalho Gera LMC Automático que gera o LMC automaticamente e no trabalho é realizado agendamento dentro da aba Etapa. Conforme o intervalo agendado, de tempo em tempo o sistema faz uma varredura automaticamente todos os postos, verifica a data do último LMC gerado e gera os LMC's que estiverem faltando.

Requisitos

Para que um LMC seja gerado automaticamente as seguintes regras deverão ser atendidas:

  • Deverá existir um Livro aberto;
  • Não poderá existir um movimento de LMC como rascunho para o livro;
  • A quantidade de páginas não pode ter sido atingida;
  • Os caixas da data em que está sendo gerado tem que ter sido integrados (sincronizados para o retaguarda);
  • Os caixas da data em que está sendo gerado tem que estar todos na situação "Confirmado";
  • Não poderá existir na data Nota Fiscal de Entrada não confirmada para o combustível do LMC sendo gerado;
  • As capturas D + 1 tem que ter sido lidas do Veeder Root.

Ativando o Trabalho

  1. Acesse Administração ➔ Trabalhos.
  2. No campo de busca da tela do Trabalho pesquise pelo nome Gera LMC Automático.
  3. Na janela Customização de Trabalho marque a checkbox Habilitado.
  4. Navegue até a aba Etapas, selecione o botão Editar Etapa, marque a checkbox Habilitado e selecione o botão Confirmar.
  5. Navegue agora até a aba Agendamentos, selecione o botão Incluir Agendamento e informe os seguintes campos:
    • Título: inclua o título de nome sugestivo. Ex. Agrupa/Liquida Título Cartão Débito/Crédito.
    • Descrição: insira uma descrição mais detalhada, se for o caso.
    • Selecione o botão Confirmar.
      • Na janela Agendamento informe os seguintes campos:
      • Checkbox Habilitado: mantenha marcado.
      • Início e Fim: informe a data de início e fim do trabalho. O campo Fim não é obrigatório.
      • Nos grids Minutos, Horas, Dia da Semana, Dia da Semana e Meses informe conforme desejar.
      • Nota: Apesar de haver a possibilidade de gerenciar o trabalho em minutos, horas, dias da semana, dias do mês e meses, em um trabalho como esse basta agendar por hora, por exemplo: 18, 20, 22, 08 horas.
  6. Após informar o agendamento selecione o botão Confirmar.

Atendidos requisitos citados acima o LMC é automaticamente gerado, sendo necessária intervenção humana somente quando por algum motivo a captura do Veeder Root não ocorrer da forma correta, como por exemplo o computador do Veeder Root ficar desligado por mais de 1 dia. É necessário também no final do mês que o responsável do posto encerre o livro do mês que findou, gerando automaticamente um novo livro para o mês seguinte.

Veeder Root TLS4, TLS-450 e TLS-450 Plus

Na realidade a configuração para o Veeder Root das versões TLS4, TLS-450 e TLS-450 Plus é idêntica à configuração do Veeder Root TLS 300. O que diferente deste para aqueles é a versão do instalar a ser utilizado. Na instalação do Veeder das versões TLS4, TLS-450 e TLS-450 Plus deverá ser utilizado os instaladores a partir da versão 2.05.08 r179; para o Veeder Root TLS 300 utilize os instaladores da versão 2.04.09s Release 139.

Configurar o horário das medições na versão TLS4

O fabricante alterou os comandos de comunicação na novas versões TLS, isso fez com que o sistema perdesses a capacidade de comunicar com o equipamento. Isso foi detectado como inconsistência e já está em processo de homologação pela Adaptive.

Como medida de contorno realize os procedimentos a seguir:

  1. Em um navegador web digite o IP do veeder-root. Caso não saiba utilize o IPScanner para localizar na rede.
  2. Informe os dados de usuário e senha padrão:
    • Usuário: GUEST
    • Senha: guest
    • NOTA: se não forem esses os dados de conexão, contate o técnico do suporte Veeder-Root.
  3. Selecione agora a opção Configuração ➔ Inventário ➔ Mudanças.
  4. Na janela Shift Times selecione o botão REPOR e informe os horários nos campos Shift.
  5. Para finalizar selecione o botão Save.
  6. Após realizar esses passos prossiga com a parte de comunicação do equipamento Veeder-Root e teste as medições capturadas.
  7. Para testar coloque um horário aproximado ao tempo que esta realizando essa tarefa. 
  8. Para verificar se o Veeder-Root está enviando os dados e o Petros recebendo abra o relatório Monitoramento da Medições das Medições dos Tanques disponível no acesso Fiscal  ➔ Relatórios ➔ Rotinas. Nesse relatório serão mostrados os horários informados no inventário do Veeder-Root.
Inventário de Mudanças